Pular para o conteúdo principal

MERCADO GRANO : MISTO DE CERVEJARIA(COLORADO),PADARIA E RESTAURANTE NO JARDIM CANADÁ-NOVA LIMA,NA GRANDE BELO HORIZONTE

Nidin Sanches/Odin
(Foto: Redação VejaBH)
Misto de cervejaria, padaria e restaurante, a Colorado & Grano acerta em receitas sólidas e líquidas
Instalada no Jardim Canadá, a casa abre somente aos sábados e domingos
Por: Rafael Rocha12/03/2015 às 20:19 - Atualizado em 13/03/2015 às 20:21
O espaçoso galpão: prove o turnedô na cama de purê (R$ 53,00) e não saia sem beber os chopes da Colorado
COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪✪ | SERVIÇO ✪✪✪
É uma cervejaria? É uma padaria? É um restaurante? Não. É um misto de tudo isso que funciona em um espaçoso galpão no Jardim Canadá. A junção dos chopes da Cervejaria Colorado, de Ribeirão Preto, com o chef Léo Mendes, do Ah! Bon, deu liga. Sente-se nas mesas redondas feitas de bobina de fio de alta-tensão e dedique-se ao cardápio que muda toda semana. Certamente algo ali será do seu agrado. Para começo de prosa, prove o mix de pães com queijo da Serra do Salitre (R$ 20,00). Os garçons passeiam pelo salão com pratos que chamam atenção pela generosidade, como a costela confit com batata creme (R$ 39,00) e o turnedô na cama de purê, tomilho e alho confit (R$ 53,00). Um delicioso risoto de ragu de linguiça com acelga e moranga (R$ 38,00) é outra boa pedida. Louros merecidos aos chef, que acerta o ponto das carnes e massas ao gosto do freguês. Sair sem experimentar o chope da casa é mancada. Entre os oito tipos, o Cauim (R$ 6,00, 300 mililitros) tem sabor na medida para iniciantes, enquanto o Indica (R$ 8,00, 300 mililitros), mais encorpado, é um IPA com rapadura. Na lista de pães, prove o de figo com centeio e generosos pedaços de castanha-do-pará (R$ 18,00).
Rua Kennedy, 48, Jardim Canadá, Nova Lima, 3547-5188 (120 lugares). 11h/18h (fecha seg. a sex.). Cc: A, M e V. Cd: M e V. Estac. ❬ (R$ 30,00) ↔ Aberto em 2014. $$

Fonte:http://vejabh.abril.com.br/materia/restaurantes/misto-cervejaria-padaria-restaurante-colorado-grano-acerta-receitas-solidas-liquidas

Cervejaria Colorado e Grano abrem as portas no Jardim Canadá

Espaço une os conceitos de cervejaria e padaria


               Casa tem ambiente amplo e cozinha à vista do freguês
A ideia inicial era convencer Marcelo Carneiro, proprietário da cervejaria Colorado, a abrir bares da marca pelo Nordeste. Dificuldades logísticas, entretanto, trouxeram a conversa com o empresário Eduardo Gomes para Minas Gerais, mais especificamente para um galpão no Jardim Canadá, em Nova Lima. Ali está, desde ano passado, a única fábrica da cervejaria fora de São Paulo – e com uma particularidade: um dos vãos passou a ser ocupado pela Grano, padaria e restaurante do chef Leo Mendes.

Paralelamente a seu posto de comandante da cozinha do restaurante Ah! Bon, Mendes desenvolve projeto paralelo na fabricação de pães, atendendo sobretudo a bufês. O crescimento dos pedidos tornou sua infraestrutura pequena. O convite para se transferir para o galpão e fornecer produtos para eventos da cervejaria abriu a possibilidade de instalar ali uma cozinha onde pudessem ser feitos petiscos, pratos e sobremesas.

Assim, Colorado e Grano passaram a operar juntas oficialmente a partir deste mês, sempre aos sábados e domingos – até então, os eventos da cervejaria ocupavam muitos fins de semana do calendário. O cardápio muda semanalmente, com receitas criadas pelo chef e seu sócio, José Fernando Beber, que durante nove anos comandou a produção da padaria que atende ao Ah! Bon (principal referência da nova casa) e à hamburgueria Eddie.

Com fornos e fogões totalmente à vista do freguês, a dupla produz ali não apenas pães (quase todos de fermentação natural), mas sorvetes (no Pacojet), sobremesas e massas como ravióli, tagliatelle, tartelette e mil-folhas. “O legal daqui é que tudo é feito na hora. As pessoas veem a gente tirando pães e comidas do forno o tempo todo. Cozinha ao vivo mesmo”, orgulha-se Beber. Entre os pães, ele destaca os de chocolate belga com pecã, as focaccias e o de figo com castanha do pará e centeio.

CESTA São ofertados ao menos 10 pães diferentes por dia, alguns deles colocados na cesta que acompanha os antipastos nº1 (com salame, copa e bresaola do produtor gaúcho Oscar Girelli, de Nova Roma; R$ 27) e nº2 (com queijo do produtor mineiro João Melo, de Serra do Salitre, manteiga e azeite de ervas; R$ 20).

Há pratos individuais como o pappardelle com ragu de pato e cogumelo (R$ 42), o joelho de porco defumado com risoto de limão siciliano (R$ 49) e o nhoque de espinafre ao molho de tomate e basílico (R$ 23).

CONTÊINER Para beber, o destaque são os chopes da Colorado, com receita e ingredientes idênticos aos da fábrica-mãe, em Ribeirão Preto. Cauim (pilsen com mandioca), Indica (IPA com rapadura) e Appia (trigo com mel) são feitos ali, enquanto Demoiselle (robust porter com café), Ithaca (imperial stout com rapadura queimada) e Vixnu (imperial double IPA com rapadura) chegam da unidade paulista. Os chopes (entre R$ 6 e R$ 14, cada; 350ml) ficam armazenados num contêiner refrigerado e são extraídos com gás carbônico.

A carta de cervejas também lista chopes e cervejas da paranaense Bodebrown (Perigosa, Tripel Montfort, Cacau IPA, Saison Apricot Tonight e 4 Blés) e da carioca Brassaria Ampolis (dos rótulos que homenageiam Mussum, Biritis e Cacildis).

Detalhe: a casa só serve na mesa os chopes; garrafas, só quentes e para levar em caixas de 12 unidades (é permitido mesclar os rótulos e marcas). Ainda este mês, ela receberá a Ybá-Ia, nova cerveja da Colorado, que leva uvaia e o lúpulo lemon drop, que confere nota cítrica à bebida.

COLORADO + GRANO
Rua Kennedy, 48, Jardim Canadá. (31) 3547-5188. Aberto sábado e domingo, das 10h às 18h. A padaria funciona de terça a sexta-feira, das 16h às 19h.

Fonte:http://divirta-se.uai.com.br/app/noticia/gastronomia/2015/02/13/noticia_gastronomia,164526/cervejaria-colorado-e-grano-abrem-as-portas-no-jardim-canada.shtml


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MERCADO DA BOCA : BH GANHA ESPAÇO GASTRONÔMICO A PREÇOS ACESSÍVEIS NO JARDIM CANADÁ INSPIRADO EM MERCADOS EUROPEUS

Mercado da Boca, que recebeu investimento de R$ 8 milhões, inspirou-se em espaços gastronômicos de outros países (foto: BS Fotografia/divulgação) BH ganha espaço gastronômico inspirado em mercados europeus Com 4 mil metros quadrados, Mercado da Boca reúne 30 restaurantes, bares e lojas no Jardim Canadá Ao voltar a Belo Horizonte depois de temporadas no exterior, oito amigos sempre tinham algo em mente: por que não montar um espaço que unisse gastronomia e produtos típicos mineiros?. O exemplo vinha do Mercado da Ribeira, em Lisboa. Porém, foram necessários alguns anos para transformar em realidade o sonho de Armando Guerra, Geraldo Nunes, Gercineide Castro, Felipe Tiradentes, Lucas Nunes, Lucas Vereza, Marcela Nunes e Renato Guerra. Nesta quinta-feira (8), a capital ganha o Mercado da Boca, que reúne o talento de 20 chefs numa área de 4 mil metros quadrados, no Jardim Canadá.

“O Ribeira é a nossa referência. Mas queremos ir além da proposta portuguesa e dar identidade local ao Mercado da …

DONA DERNA,O MAIS ANTIGO E GOSTOSO RESTAURANTE ITALIANO DE BELO HORIZONTE

Virando habitué no Dona Derna-Belo Horizonte-MG Fernanda Amarante Estou em uma fase de dieta desintoxicante pré-praia, e no dia em que vou fazer coisa errada e sair comendo loucamente gosto de fazer a coisa direito e comer muito bem: não existe nada pior do que caloria desperdiçada com comida ruim. Então num sábado desses, fui almoçar no Dona Derna, onde tinha a certeza absoluta de que faria uma bela refeição. Fundado em 1960, o Dona Derna foi o primeiro restaurante italiano de Belo Horizonte. É de cozinha clássica, sem invencionices e modernidades, daquelas que mantêm sempre o padrão elevado.  Devo confessar que já tive problemas com a comida lá uns dois anos atrás, mas como o restaurante passou por uma reforma e deu uma modernizada, resolvi dar uma nova chance recentemente. E todas as vezes em que fui lá desde então, comi magnificamente bem. Localizado a um quarteirão do mais tradicional clube da cidade, o Minas Tênis, e logo atrás do Palácio da Liberdade, o restô está sempre movimentad…